CRI Certificado de Recebíveis Imobiliários Securitização de créditos imobiliários

O CRI é um título de renda fixa criado pela Lei 9.514 emitido exclusivamente por companhias securitizadoras com base em direitos creditórios relacionados ao mercado imobiliário. Nesta dinâmica, créditos ilíquidos são utilizados para a emissão de um título líquido e negociável no âmbito do mercado de capitais. 

O investidor do CRI é remunerado com base na performance dos lastros. Mediante a configuração do regime fiduciário, o investidor não incorre no risco da companhia securitizadora, que é um veículo da emissão, com responsabilidades específicas estabelecidas em norma.

Para o investidor pessoa física, vale lembrar que o CRI é isento de imposto de renda, conforme Instrução Normativa da Receita Federal nº 1585. Esta característica acaba beneficiando não apenas o investidor, mas também a companhia que capta recursos por meio do título. Dessa forma, o CRI se apresenta como um instrumento de fomento ao mercado imobiliário.

Os CRI são colocados no mercado primário por meio de oferta pública. A distribuição tem na Instrução CVM 414, bem como na Instrução CVM 400 e na Instrução CVM 476, a base normativa para colocação do título em circulação no mercado.

Vídeo

  • |
  • |
  • |
  • |